Tecnologia

As casas inteligentes não são inteligentes e não nos pertencem

A julgar pelas atuais tendências, as casas “inteligentes” vão ser mais difíceis de usar, mais stressantes e mais pertencentes a uma empresa do que a nós